“A Voz de Melgaço”: Destaques da edição de 01 de Abril de 2016

pag01

– Contrato de comodato devolve património aos expropriados da barragem de Sela: Terrenos e pesqueiras poderão ser devolvidos às famílias herdeiras

– Melgaço recebido com “alegria” no seu regresso a Nanterre: “Mais importante do que o negócio, é esta ligação umbilical à comunidade”

– Festa do Alvarinho e do Fumeiro de Melgaço 2016: Imagem renovada e mais acções de valorização enogastronómica completarão o programa

– Sorriso Bar Melgaço em risco de fechar indefinidamente: “Não temos clientes suficientes para aguentar a casa aberta”

– Mulheres com “garra” desportiva: Primeiro jogo da equipa feminina do S.C. Melgacense associou iniciativa solidária

– Banco de Livros Linhas Tortas quer reutilizar os manuais escolares: Iniciativa poderá valer centenas de euros de poupança às famílias

– Em Ponte de Lima, António Costa inaugurou CIP do Vinho Verde e defendeu um interior “prioritário”: “Tal como o mar, o interior é um enorme potencial que está por descobrir”

– O Alto Minho é promissor para os operadores turísticos?: A prova de fogo da Viajália, que deixou de festejar as reservas para facturar milhões

– Ideias&Negócios: Estaremos a perder uma oportunidade? Portugal 2020

– Melgaço estabelece novos recordes de voluntariado na acção “Um Dia Pela Vida”

– “Habemus vinum” IV (IIIª Série): Vender vinho ou vender garrafas

– Carlos Marques: De Cevide a Marrocos em Renault 4L

– Consultório de Osteopatia abre em Melgaço: Se não houver conhecimento da anatomia humana, “um pequeno gesto pode ser prejudicial”, diz Cátia Afonso

– A Caminho da Terra Santa – XX: Nas Margens do Lago

 

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *