Casa do Povo de Melgaço receberá Unidade de Psico-Oncologia da LPCC

Protocolo vai ser assinado amanhã (29 de Junho) pelas 21h

A Liga Portuguesa Contra o Cancro (LPCC), a Casa do Povo de Melgaço e a Câmara Municipal de Melgaço assinam na próxima quarta-feira, 29 de Junho, um protocolo de cooperação com vista à criação do Grupo de Apoio de Melgaço, que contará com uma Unidade de Psico-Oncologia e de um Grupo de Voluntariado Comunitário. A iniciativa será um reforço de relacionamento, cooperação e actuação conjunta em prol da melhoria da qualidade de vida dos doentes com cancro da mama, e acontece pelas 21h00, no Salão Nobre da Câmara Municipal.

Liga Portuguesa Contra o CancroO estabelecimento do protocolo acontece em prol do apoio social, da humanização da assistência e da melhoria da qualidade de vida dos doentes e sobreviventes oncológicos e suas famílias, bem como da defesa dos seus direitos, e surgiu após o balanço positivo do projecto ‘Um dia Pela Vida’ e dos vários pedidos para que não se deixasse de colaborar com o concelho. Juntas, as três entidades irão fazer face aos desafios sentidos por aqueles doentes e sobreviventes, sejam eles de ordem material, física, psicológica ou informacional.

O Protocolo terá por finalidade o desenvolvimento de acções comuns de sensibilização junto da comunidade para a prevenção e detecção precoce das diversas patologias oncológicas; concertar e concretizar intervenções comuns em matérias de apoio aos doentes oncológicos; prestar formação aos voluntários do Grupo de Apoio Local e da Casa do Povo, no âmbito do ‘Voluntariado Oncológico’, através de estágios profissionais, cursos formação ou outras modalidades de formação contínua a desenvolver, possibilitando e incentivando a sua presença nos workshops e conferências a promover pela LPCC; a criação de um pólo da LPCC, denominado Grupo de Apoio de Melgaço, em instalações a disponibilizar pela Casa do Povo, no Município de Melgaço, com as seguintes valências:

  • UPO – Unidade de Psico-oncologia, que disponibilizará consultas gratuitas de Psico-oncologia;
  • Grupo de Voluntariado comunitário, que contará com a colaboração do Centro de Saúde, Agrupamento de Escolas e Casa do Povo, e que terá como principais vertentes: a Educação para a saúde, o Movimento Vencer e viver e a Angariação de Fundos;

  • Serviços informacionais e de apoio (dos direitos e deveres);

  • Banco de ajudas técnicas, para cedências definitivas ou temporárias de cadeira de rodas, andarilhos, camas articuladas, próteses, etc., até ao limite das disponibilidades materiais da LPCC, no tocante aos referidos equipamentos.