Vodafone Paredes de Coura: Pais, ‘os miúdos estão bem’

Dia 4, 20 de Agosto, último dia do Vodafone Paredes de Coura 2016.

Já as Pega Monstro (a banda, que este ano tocou em Coura, como tanto ansiavam) cantavam assim, por alturas do álbum “O Juno-60 Nunca Teve Fita’, na canção do tema ‘Paredes de Coura’: “Fui a um festival, comi tão pouco, fiquei mal (…)”.

E assim foi. Não alarmou, mas aconteceu. “Um foco limitado de ocorrências”, esclarece a organização, levou alguns dos festivaleiros às unidades de saúde locais e distritais, por alegados casos de gastroenterite. Se foi a comida ou a água – “porque o rio tem salmonelas”, canta ainda a Maria das Pega Monstro na mesma canção – está ainda por apurar, mas os jovens já voltaram ao recinto do festival para um dia cheio.

DSC_5826

A esta hora, The Last Internationale estão no palco, mas ainda hoje tocam The Tallest Man on Earth, Portugal The Man e Chvrches. Ainda antes do jantar, há tempo para Capitão Fausto.

“A Voz de Melgaço” dará nota dos quatro dias que encheram Coura. Na próxima edição.

João Martinho

DSC_5893

DSC_6032