Sem perder há sete Jornadas, SC Melgacense lidera a 2ª Divisão da AFVC

Com 17 pontos (até à 7ª Jornada), cinco vitórias e dois empates – o último contra o FC Vila Franca, no jogo de domingo, 06NOV – o Sport clube Melgacense soma e segue na liderança da tabela da 2ª Divisão distrital da Associação de Futebol de Viana do Castelo (AFVC).

Os resultados obtidos desde o arranque da época 2016/17 vem credibilizando as declarações do técnico Gil Silva, que dizia, por altura da primeira partida da época em casa, ter manifestado aos seus atletas que queria ser campeão no final deste campeonato.

Apesar de resposta ambígua no final da época transacta em relação à continuidade na orientação do treino do escalão Sénior do SC Melgacense – onde pedia algumas mudanças – Gil Silva voltou com naturalidade ao trabalho que vinha desenvolvendo no clube, depois da paragem das férias.

Entretanto, muitas caras do plantel mudaram, mas isso parece não ter sido necessariamente mau ou desmotivador para o técnico, que se manifesta agradado com as escolhas que fez para esta época desportiva. “Fui convidado atempadamente para continuar, reunimos e as coisas foram delineadas. Não poso esconder que quero ser campeão e estes jogadores foram convidados por mim porque também tem esse espírito”, notou.

“Quando começou a época, falei no balneário que queria ser campeão. Os campeões tem de jogar na terra, na neve, ao frio e à chuva e lutar sempre”, concretizou, observando sobre os campos difíceis que se adivinham.

dsc_8839E se há factores que a sua estratégia de jogo ou a perícia dos atletas não pode controlar, Gil Silva promete não se resignar. “Sabemos que o campeonato é longo, muitas coisas se vão passar, mas vamos lutar”. Sobre os jogos de “campo inclinado” e os momentos de jogo em que parece que o onze melgacense “parece que ficou no balneário”, Gil Silva tem assegurado a solidez do plantel e um espectáculo mais equilibrado.

Depois do empate em Perre na estreia da época, o SC Melgacense venceu o Darquense por 4-3, no reduto do Centro de Estágios; venceu a AD Fachense por 0-3 na Facha (Ponte de Lima); de volta ao relvado de Melgaço, venceu o jogo da 4ª Jornada frente ao Anais FC por 2-0; voltou a vencer fora de casa frente ao Raianos (Monção) por três bolas sem resposta (0-3) da equipa de Messegães e voltou a arrecadar três pontos em Melgaço frente ao Âncora Praia, vencendo por 2-0 o jogo da 6ª Jornada, no final de Outubro. No último jogo fora, a 6 de Novembro, a equipa empatou a zero em Vila Franca, mas assegurou um ponto que mantém a equipa de Melgaço na liderança, com 17 pontos.

Uma estreia fulgurante para o emblema de terras de Inês Negra, depois dos percalços da época 2015/16, com entradas e saídas a meio da época que limitaram as escolhas do técnico. Uma estreia que se espera repercutir também na bancada, que apesar já ir contando com mais assistência, são ainda poucos neste espectáculo desportivo que a cada domingo atrai centenas de adeptos ao futebol regional um pouco por todo o distrito.

O próximo jogo, no dia 13 de Novembro, é em casa, frente à UD Moreira, que não conta até ao momento com qualquer vitória, e que procurará em Melgaço quebrar o ‘enguiço’ de três empates e três derrotas, em seis jogos disputados até ao momento.

João Martinho

Texto publicado na edição impressa de 01 de Novembro do jornal “A Voz de Melgaço”, alterada com informações relativas ao jogo da jornada 7 e calendário de jogo.