Destaques da edição de Julho do jornal “A Voz de Melgaço”:

Pag01

  • São João – As marchas populares saíram à rua: “Vitalidade” e liberdade criativa numa noite que juntou os melgacenses

  • Melgaço voltou a Lisboa para a 3ª edição do Alvarinho Wine Fest: Autarquia diz que as expectativas foram superadas e quer continuar com a campanha de promoção na capital

  • Branda da Aveleira e Castro Laboreiro nas 7 Maravilhas de Portugal®: Gala de 30 de Julho abre as votações para a categoria Aldeias Remotas

  • Terras de Real é o Alvarinho “Selecção do Ano 2017” no concurso Festivinhão

  • Corpo de Deus 2017: As ruas floridas de Melgaço

  • Campeonato Nacional de Drift: Quatro pilotos melgacenses no circuito de Lousada

  • Na irreverência dos 35 anos, a marca Soalheiro continua a experimentar coisas novas

  • Jovens melgacenses unidos pela política: Juventude Socialista e a campanha discreta

  • Rebordechán  juntou galegos e portugueses no alto do Castriño: Convívio recorda os castros e as mouras encantadas

  • O passado de Melgaço estava todo em caixas velhas: Arquivo Municipal estará à distância de um clique já a partir de Julho

  • Passos Coelho diz que Vítor Cardadeiro tem o perfil certo para gerar valor aos recursos do concelho

  • Associação “Os Fronteiriços” com programa cheio para o Verão

  • Opinião: O País continua a arder todos os anos!

  • O passado de Melgaço estava todo em caixas velhas: Arquivo Municipal estará à distância de um clique já a partir de Julho

  • É de origem melgacense a última marca que ainda sabe fazer o famoso Café Português: A Flor da Selva está na Madragoa mas vende café para o mundo

  • Encontro anual de antigos alunos do Seminário de Braga realizou-se em Melgaço

  • Doentes de Esclerose Múltipla reuniram-se em convívio em Melgaço

  • Santa Casa da Misericórdia de Melgaço deposita documentos de “incalculável” valor histórico no Arquivo Municipal

  • Livro sobre Senhora-a-Branca apresentado na sua Igreja em Braga: Francisco Senra Coelho: “um subsídio esplêndido”