Edição de 2018 da Festa do Alvarinho e do Fumeiro de Melgaço com piso e imagem renovada

Montra dos produtos da sub-região em destaque de 27 a 29 de Abril

 Falta menos de um mês para a Festa do Alvarinho e do Fumeiro de Melgaço, e se o motivo da promoção é o mesmo a cada ano do evento, a edição de 2018 contará com algumas melhorias que os visitantes certamente irão notar.

São três dias de festa (27 a 29 de Abril) para celebrar os produtos locais e da sub-Região de Monção e Melgaço num espaço com piso renovado e de configuração diferente, como explica Manoel Batista, presidente da Câmara Municipal de Melgaço.

“Não significam alterações radicais, mas com o espaço renovado vai ter uma configuração diferente daquela que tinha. Nas edições anteriores tínhamos três tendas perpendiculares ao Mercado Municipal, agora teremos apenas uma tenda grande, ogival, paralela ao Mercado”, explica o autarca.

A revisão no layout dos espaços não altera no entanto o conceito que tornou esta festa uma das maiores da região no sector dos vinhos, assim como os promotores. “Mantemos o parceiro (A Essência do Vinho, que assume a produção do evento há três anos) e o conceito na restauração também será o mesmo”.

Sobre a participação do concelho vizinho de Monção, Manoel Batista diz que a festa mantém a sua génese enquanto promotora dos vinhos da Sub-Região e contará por isso “com mais um ou outro produtor de Monção” em relação às edições anteriores”, num momento em que o autarca diz que as visões estratégicas de ambos os municípios na promoção dos vinhos alvarinho da sub-região estão mais consonantes.

Estou confiante que a ligação ao município de Monção e o alinhamento em relação à promoção da sub-região vai aumentando e com isso, quer para a Festa do Alvarinho e Feira (em Monção), quer para o Alvarinho Wine Fest e mesmo para a Festa do Espumante, estaremos em condições de aumentar a participação dos produtores de Monção nos eventos de Melgaço e dos de Melgaço nos eventos de Monção”, considerou.

 

Largo do Mercado Municipal renovado e “totalmente terminado” para receber a festa

As obras de recuperação do Largo do Mercado Municipal, iniciadas em Dezembro de 2017, fizeram temer o pior. No entanto, o autarca assegura ter o “compromisso da parte do empreiteiro” de que por altura do evento, a intervenção estará “completamente concluída”. “Tudo estará preparado para que a montagem do evento se faça sem tropeços”, assegurou o autarca.

 

Monção volta a ser parceiro no Alvarinho Wine Fest em Lisboa

Sobre o Alvarinho Wine Fest, evento de promoção dos vinhos alvarinho da sub-região realizado em Lisboa, o autarca de Melgaço revela que Monção voltará a ser parceiro no apoio aos produtores. Recorde-se que, na edição de 2017, realizada no Pavilhão Carlos Lopes, a autarquia monçanense, à altura liderada por Augusto Domingues, retirou o seu apoio ao evento, ficando apenas Melgaço na campanha de promoção produzida pela Cofina.

Face à nova abertura de Monção à participação no evento, “a questão está a montante”, observa o autarca. “No ano passado o município de Monção resolveu retirar o seu apoio, no entanto o presidente [António] Barbosa, reiterou-me que estava com imensa vontade que se fizesse esse evento de forma conjunta e é nisso que estamos a trabalhar neste momento. Monção e Melgaço juntamente com a Cofina, já fizeram a apresentação aos produtores, estamos novamente alinhados para que se faça um evento de grande dimensão”.