Bombeiros: Inscrições para a Escola de Estagiários 2019 encerram no final de Novembro

Saiba de que vantagens e isenções pode beneficiar enquanto bombeiro voluntário

A campanha de recrutamento para novos estagiários, que futuramente integrarão as corporações de bombeiros de cada concelho, decorre até ao fim do mês de Novembro, por isso, se ainda está indeciso relativamente aos módulos de formação, horários e condições de frequência, talvez este texto possa ajudar a decidir.

A Escola de Estagiários de 2019, de âmbito distrital, compreende seis módulos de formação e um período probatório, findo o qual o candidato será integrado na corporação respectiva enquanto bombeiro voluntário de 3ª Classe.

Até lá, terá de passar com aproveitamento os seguintes módulos de formação: Introdução ao Serviço de bombeiros (25 horas); Equipamento, Manobras e Veículos (25 horas); Extinção de Incêndios Urbanos e Industriais (50 horas); Extinção de Incêndios Florestais (50 horas); Tripulante de Ambulância de Transporte (50 horas) e Técnicas de Salvamento e Desencarceramento (50 horas). De notar que os dois últimos serão ministrados por formadores da Escola Nacional de Bombeiros, em local a definir.

Esta formação, que decorrerá ao fim-de-semana em várias corporações de bombeiros do distrito, terá uma duração de cerca de seis meses, mais o “período probatório”.

José Codesseira, 2º Comandante da corporação dos Bombeiros Voluntários de Melgaço, refere que o entusiasmo pelo voluntariado no concelho é de “ciclos”, embora, num passado recente, tenha sido positivo para a associação humanitária local.

“Em 2012 fizemos uma recruta com cerca de vinte elementos, em 2016 foi de seis elementos e a última, que terminou em 2018, iniciamos com dezoito e finalizaram onze, por isso estamos a tentar pessoas com idades entre 17 e 45 anos que queriam e sintam esta vontade do voluntariado”, destacou.

Aos interessados que se inscrevam até ao final de Novembro, espera-os cerca de seis meses de formação e uma prova final de ingresso. A formação irá decorrer em várias corporações do distrito aos fins-de-semana. A cumprir-se o horário de formações anteriores, será à sexta-feira à noite (4 horas), ao Sábado (8 horas) e Domingo (8 horas).

O processo, mais ou menos exigente, é fundamental e imprescindível para que os candidatos possam integrar futuramente a carreira de bombeiro, como notou o 2º Comandante. “Caso a corporação tenha necessidade de contratar bombeiros para o quadro, esta formação garante que os interessados têm a formação necessária para ser contratados e ter vínculo profissional com a associação”.

Integrando a corporação, os bombeiros conquistarão também algumas vantagens, promovidas pelas autarquias, instituições de ensino ou outras entidades locais. A isenção de taxas moderadoras, a utilização gratuita do ginásio e instalações do Centro de Estágios de Melgaço ou a isenção de propinas são alguns dos aliciantes.

“Estudantes com dois anos de bombeiro e que estejam inscritos no ensino superior, podem pedir isenção de propinas”, realçou José Codesseira.

Até ao momento, a Escola de Estagiários está perto de cumprir a média de 2016, com cinco inscritos. Se quiser fazer parte desta equipa, pode fazer a inscrição na corporação local.

João Martinho