Já é possível olhar para a História de Melgaço com visão 3D e em 360

 

A tecnologia 3D promete motivar novos públicos, ou mesmo a revisitação, do Núcleo Museológico de Castro Laboreiro, Porta de Lamas de Mouro e da Loja Interactiva de turismo.

O equipamento, uns ‘óculos’ que integram a mais recente teconolgia digital, proporcionam a imersão do utilizador numa reconstituição e apoio informativo sobre a história do território, dos povos que humanizaram a paisagem e da evolução dessa ocupação. 

A incorporação desta tecnologia, cuja experiência está já disponível para os visitantes destes espaços, implicou um investimento de 37 mil euros e pretende informar com rigor científico e actual, mas também tornar a descoberta do passado do Homem uma história apelativa para a geração com berço tecnológico.

“Temos a oportunidade de, com óculos 3D e com visão 360, ter uma noção daquilo que é a ocupação do território de montanha”, considerou Manoel Batista, realçando que, além de “enriquecer e dar outra linguagem”, este novo apelo actualiza o conceito dos museus, sem desvirtuar a importância histórica dos temas.

Texto: João Martinho
Foto: CM Melgaço/Divulgação

 

Excerto do texto “Autarquia: Que obras podemos ver ainda em 2019 e os planos até 2021 – Os projectos na área social, no turismo e revitalização da paisagem”, publicado na edição impressa de 01 de Junho do jornal “A Voz de Melgaço”.