Alvaredo vai reviver o Ramo. Tradição já não se cumpria na freguesia há mais de 30 anos

Tractores e carrinhas sumptuosamente ornamentados com oferendas vão fazer parar o trânsito na EN 101 entre as 14h30 e as 15 horas de amanhã, 3 de Agosto, no lugar do Padreiro, em Alvaredo.

A festa, com danças e cortejo que vai desde Padreiro até à Igreja Paroquial, tem como finalidade a angariação de fundos para a igreja, através de arrematação das oferendas. Assim, a festa será por lá a partir das 15 horas até à noite, mas o encontro da comunidade não termina à hora de jantar.

Cada participante, entretanto inscrito, leva prato e talheres para o jantar de porco no espeto com arroz de feijão, no já habitual espaço de outras festas: O Alto de São João.

O ultimo Ramo, tradição antiga de cortejo de oferendas para a paróquia, já não se fazia há mais de três décadas na freguesia. A organização espera por isso uma massiva adesão popular a esta festa com cariz social.

João Martinho
Fotos: DR

Tradição do Ramo Arquivo | DR