Uma sentida homenagem, em memória de Ana Júlia

O falecimento de Ana Júlia Freitas, ontem (13 de Agosto), na sequência de despiste do automóvel em que seguia, marca um dos momentos trágicos deste Verão para a comunidade melgacense.

A jovem de 15 anos seguia no automóvel na companhia do irmão e outra rapariga de 16 anos, quando o despiste e queda de um declive, com “seis a 10 metros”, no Lugar de Assadura, a vitimou.

Segundo o Jornal de Notícias, com base em fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Viana do Castelo, o alerta foi dado pelas 19h30. Da ocorrência trágica, “para além da vítima mortal de 15 anos, uma rapariga de 16 anos ficou ferida e foi transportada para o hospital de Viana do Castelo”, noticiou o JN.

Ana Júlia frequentava o Curso Técnico de Recepção da ETAP – Escola Profissional, que já emitiu uma Nota de Pesar pela aluna.

“Neste momento de perda e de dor, a ETAP, através da direcção, professores, funcionários e colegas, presta solidariedade à família e lamenta intensamente o falecimento da aluna Ana Júlia, do 10 ° ano, Curso Técnico de Recepção”, publicou aquela escola em nota publicada no site e redes sociais.

O jornal “A Voz de Melgaço” associa-se às mensagens de pesar que a comunidade melgacense de forma massiva tem manifestado. A dor incalculável desta inesperada perda merece-nos o maior respeito para com familiares e amigos da jovem.

Descansa em paz, Ana Júlia.

JM
Foto de Ana Júlia: retirada do site da ETAP