Bombom de queijo de cabra? Bebipedala continua a apostar nos ‘casamentos’ improváveis

 

A mesma marca que em 2016 ousou unir o vinho Alvarinho ao processo de produção de cerveja, dando origem à cerveja “Mesmo Boa”, volta a apresentar novidades que prometem experiências novas ao palato.

O vinho da casta alvarinha produzido em Melgaço tem sido já base das experiências que Carlos Araújo, proprietário da Bebipedala, tem criado desde então. Pelo meio já criou a flor-de-sal de Alvarinho, o gelado de Alvarinho, a trufa de Alvarinho e até o sabão de Alvarinho. Assim haja vinho…

Na edição de 2019 da Festa do Espumante de Melgaço, Carlos Araújo apresentou duas novidades que tem como base os produtos locais, mas desta vez o vinho ex-libris de Monção e Melgaço não é o centro das atenções.

O Bombom de queijo de cabra Prados de Melgaço e o Bombom de Mel do Zé são as propostas mais recentes da marca. A embalagem, simples e também com um toque artesanal, completa um produto sugestivo e tentador.

Mas este não é um produto feito para ser comum. Provavelmente poderá encontra-lo na loja de produtos locais Avó Maria, localizada junto ao Largo Hermenegildo Solheiro, ou contactando o produtor, mas só até à Páscoa.

“Logo que o tempo começar a aquecer, deixamos de fabricar, para manter a qualidade do produto”, explica Carlos Araújo.

A justificação faz-nos lembrar outros bombons. Vai tomar a liberdade de pensar em quê, quando alguém lhe disser que quer “algo… bom”?

(Texto publicado na edição impressa de Dezembro 2019 do jornal “A Voz de Melgaço”)