Chef Rui Ribeiro mostrou que “é possível fazer vários menus completos com produtos da região”

Rui Ribeiro, Chef e formador da EPRAMI – Escola Profissional do Alto Minho Interior, foi um dos convidados para as sessões de cozinha ao vivo realizadas na última edição da Festa do Espumante de Melgaço, em Novembro de 2019, e fez-se acompanhar pelos seus alunos para apresentar uma proposta com muita ligação ao território.

Na base da receita estavam carne de vaca Cachena, a chouriça de porco Bísaro, a broa de centeio e de milho e o queijo de cabra, permitindo aos curiosos ‘comer’ o território minhoto na sua forma mais completa.

sugestão de apresentação da carne Cachena

As sessões registaram uma considerável adesão de público com vontade de ver – e provar – a criatividade dos chef’s, mas Rui Ribeiro deu especial palco à região.

“É possível fazer vários menus completos com produtos da região, desde as entradas até à sobremesa. Temos lampreia, temos as carnes, como a da Cachena que é muito boa, macia, e com molho de espumante, complementam-se muito bem. Os produtos são bons, qualquer empresa ou restaurante que aposte nos produtos da região terá sucesso certamente”, destacou o chef Rui Ribeiro, em declarações a este jornal.

A vontade de criar com os produtos locais está a passar também para as novas gerações. Rui Ribeiro diz que os formandos da escola profissional tem interesse e já assumem como sua a “defesa dos produtos da região”.

 

Texto publicado na edição impressa de Dezembro do jornal “A Voz de Melgaço”