Alto Minho: Autoridades ainda não tem plano nem ordens do Governo para controlo de fronteiras

Apesar do apelo dos municípios raianos [conforme notícia do JN, que pode ler aqui], inclusive do concelho vizinho de Monção, onde já se verificou um caso de infecção pelo coronavírus COVID-19, as forças de segurança não tem ainda ordens do Governo para o controlo efectivo das fronteiras.

Questionado pelo jornal “A Voz de Melgaço”, fonte do Comando Territorial da GNR de Viana do Castelo admitia não estar ainda em cima da mesa qualquer plano de controlo fronteiriço, nem ordens específicas para eventual acção nas ligações entre o Alto Minho e a Galiza.

Recorde-se que a Galiza tem registado um crescimento exponencial do número de infectados, contando até ao dia de ontem (14 de Março), 155 casos. Portugal tem, até ao momento, 169 casos registados, dois deles já recuperados.

Em jeito de nota positiva e de esperança neste combate mundial ao COVID-19, deixamos a informação de que, dos 156 400 casos registados até hoje [15MAR2020, às 12h30] em todo o mundo, existem já 73 968 recuperados.