Alto Minho conquista 2º lugar da Europa no Top 100 Destinos Sustentáveis

 

O Alto Minho foi reconhecido pela Green Destinations como o segundo melhor destino sustentável da Europa no que diz respeito à inovação e boas práticas na gestão do turismo em cidades, regiões e países.
A região era já considerada um dos destinos sustentáveis do Top 100 Green Destinations desde 2018.

Devido ao cancelamento da Feira Internacional de Turismo de Berlim (ITB Berlin), a cerimónia da Green Destinations não ocorreu no dia da abertura da feira conforme previsto, tendo, no entanto, os resultados sido publicados oficialmente no website do Top 100 Sustainable Destinations.

Após um processo de análise de 50 histórias de turismo sustentável enviadas pelos 100 principais destinos sustentáveis (lista disponível em www.sustainable top 100.org), os vencedores das categorias foram seleccionados por um painel de especialistas representando 12 organizações internacionais.

Através das histórias de turismo sustentável, os destinos forneceram informações abrangentes sobre os mesmos e dos esforços encetados para se tornarem mais sustentáveis em benefício dos viajantes e das comunidades locais, bem como para evitar problemas de turismo excessivo como acontece em muitos lugares emblemáticos.

O Alto Minho é um destino turístico que tem apostado no turismo de natureza e na sustentabilidade, importando mencionar que foi a primeira NUT III de Portugal continental a ser galardoada com Platina de acordo com os padrões do Conselho Global de Turismo Sustentável (GSTC), tendo sido premiado, em 2019, com o galardão Platinum QualityCoast/Green Destinations Award (Destino Verde/Costeiro Platina), no seguimento de uma candidatura submetida pela Comunidade Intermunicipal do Alto Minho (CIM Alto Minho) ao programa Green Destinations Awards.

Sobre o Green Destinations Foundation

A Green Destinations desenvolveu um sistema de avaliação e emissão de relatórios que permite avaliar a atual política de turismo, a gestão e o desempenho da sustentabilidade dos destinos turísticos em temas relevantes de sustentabilidade.

O Programa de Avaliação e Certificação de Destinos Verdes é uma iniciativa colaborativa da Green Destinations, do Centro Europeu de Eco e Agro-Turismo (ECEAT) e da Coastal & Marine Union (EUCC). O sistema de avaliação consiste no Green Destinations Standard, o qual é um conjunto de critérios para avaliar as políticas e gestão de destinos sustentáveis, e no Green Destinations Database, que é um conjunto de indicadores de desempenho de sustentabilidade e qualidade alimentados por uma variedade de fontes de dados de terceiros.