Prosseguem buscas no Rio Minho por Hélder Cruz entre Remoães e Monção

 

As buscas por Hélder Cruz, o jovem de 26 anos que terá caído ao rio durante um passeio junto à margem do Rio Minho ao fim da tarde do dia de ontem, 31 de Março, prosseguem desde as 8 horas de hoje.

O alerta foi dado já após as 18 horas de terça-feira pela pessoa que acompanhava Hélder Cruz neste passeio, indicando, segundo a Protecção Civil, que o jovem “escorregou e caiu” ao rio, na freguesia de Remoães. As buscas foram iniciadas ainda no mesmo dia, mas tiveram de ser interrompidas por falta de luz natural.

Já no dia de hoje, 1 de Abril, as buscas foram retomadas pela manhã, contando com vários meios da Capitania e Polícia Marítima de Caminha, com uma embarcação e uma viatura todo-o-terreno. Participavam também nestas buscas oito elementos dos Bombeiros Voluntários de Melgaço, apoiados por duas viaturas. Na margem espanhola, as buscas estavam a ser realizadas por dez elementos da Guardia Civil e uma embarcação da Armada Espanhola.

As operações foram ainda reforçadas por meio aéreo, com helicóptero da Força Aérea Portuguesa, abrangendo a área de buscas desde a confluência do rio Trancoso com o rio Minho até Monção.