Melgaço vai trabalhar candidatura a “Selos de Qualidade” da UNESCO já a partir de Junho


Fotos: CM Melgaço

A Câmara Municipal de Melgaço reuniu, no dia 28 de de Abril, com vários empresários locais de sectores como o vinho e outros produtos locais, restauração e alojamento para apresentar uma solução de promoção, a efectivar no período de retoma da economia ligada ao turismo.

A iniciativa, desenvolvida em parceria com a Essência do Vinho, empresa ligada à organização e produção de eventos enogastronómicos, assentará numa estratégia de comunicação e promoção do território e dos produtos locais “nos meios de comunicação online, imprensa escrita, televisão e rádio em canais nacionais e estrangeiros para dar a conhecer os produtos e continuarmos a ser um destino apetecido”, realçou o presidente da Câmara, Manoel Batista, no final da reunião com os empresários, no final de Abril.

“Depois desta paragem de quase dois meses, achamos que era importante continuar a dar a conhecer o território, pô-lo nas montras do mundo para que não seja esquecido e no momento da retoma sermos capazes de aproveitar aquilo que todos dizem ser uma tendência, que será a procura será de produtos e destinos mais pequenos, ligados à natureza”, explicou o autarca.

 

Manoel Batista levanta ainda o véu sobre eventual candidatura do património (ou parte dele) e produtos que o integram a “Selos de Qualidade” geridos pela UNESCO “que no país ainda não foram trabalhados”, ou apenas “por uma região” e que considera fazerem “todo o sentido” em Melgaço.

 “Temos todas condições para [os] trabalhar e para que Melgaço se transforme num destino de absoluta excelência para os públicos nacionais e internacionais”, assinala, indicando que a autarquia irá trabalhar nessa candidatura “a partir do final de Maio ou Junho”.