Simbologia natalícia explicada: A vela


José Rodrigues Lima


Tudo começou com um sapateiro alemão que vivia numa cabana afastada da cidade. Embora pobre, tinha por hábito colocar todas as noites, na janela da sua ca­bana, uma vela acesa para guiar os viajantes durante a noite.

Apesar das guerras, doenças e tempo difícil que atravessou, ele nunca deixou que essa chama se extinguisse. Isto inspirou os outros a imitá-lo du­rante os festejos de Natal… e o costume generalizou-se.