MDOC 2020: Realizador Pedro Costa vai orientar Oficina de Verão em Melgaço

Pedro Costa, realizador português multi-premiado, irá orientar uma oficina de Verão, a ter lugar em Melgaço de 28 a 31 de Julho, numa colaboração entre o MDOC – Festival Internacional de Documentário de Melgaço e La Plantación – Encuentros y Conocimiento.

Partindo da sua filmografia e do seu percurso peculiar enquanto realizador, Pedro Costa abordará as várias etapas do seu processo de trabalho e os diferentes aspectos desse percurso, no seu compromisso com a realidade e com as pessoas que filma.

Para tal, Pedro Costa irá recorrer a exemplos de alguns dos seus filmes, tais como “O Sangue”, “Ossos”, “No Quarto da Vanda”, “Cavalo Dinheiro”, “Onde jaz o teu sorriso?” e “Vitalina Varela”, e ao trabalho de cineastas que o antecederam e influenciaram, de Charlie Chaplin a John Ford, de Fritz Lang a Yasujiro Ozu, de Robert Bresson a Jean-Luc Godard e a Danièlle Hullet e Jean-Marie Straub.

Esta oficina de verão é dirigida a todos os interessados em cinema de autor. O número de vagas é limitado, pelo que as inscrições serão aceites por ordem de chegada, até ao dia 12 de Julho, através de https://laplantacion.info.

Nascido em Lisboa em 1959, Pedro Costa desistiu dos estudos em História para assistir às aulas do realizador e poeta António Reis, na Escola de Cinema. A sua primeira longa-metragem, “O Sangue”, teve estreia mundial no Mostra di Venezia, em 1989, e o seu segundo filme, “Casa de Lava”, foi exibido no Festival de Cannes.

Mais recentemente, “Cavalo Dinheiro” fez um assinalável percurso internacional por vários festivais, tendo recebido o prémio para Melhor Realização no Festival Internacional de Cinema de Locarno, em 2014, e a sua última longa-metragem “Vitalina Varela”, venceu o Leopardo de Ouro em 2019, no mesmo festival.
O programa completo e informações adicionais podem ser consultadas aqui: http://mdocfestival.pt/oficina01.php