“Matei a minha avó, mas a festa foi demais!” Campanha “dura” e sem “sem falinhas mansas” inicia-se hoje

MATEI A MINHA AVÓ é uma campanha da empresa de entretenimento e comunicação Brain Entertainment que procura sensibilizar “para atos e regras básicas que ajudam a evitar a propagação da Covid-19”, lançada hoje, 22 de Janeiro.

“O título escolhido é duro e reflecte a realidade assustadora de podermos nós próprios, através de actos simples e irreflectidos, levar a infeção para dentro das nossas casas”, explica em comunicado a agência que promove a campanha “pro bono” criada com ilustrações de André Silva @afvcs e idealizada pela Brain Entertainment.

“As empresas não podem ser ilhas isoladas sem responsabilidade social. Devem usar a sua voz e know-how para o bem da comunidade. A campanha MATEI A MINHA AVÓ é direta e sem falinhas mansas. É um abanão de realidade direcionado ao cidadão comum”, observa Miguel Belo, CEO da Brain Entertainment.

A partir de hoje (22JAN), a cada dia da quinzena de confinamento irá sair uma nova ilustração e mensagem de alerta, nas quais “o cidadão comum será convidado a partilhar novas soluções para cada um dos respetivos dilemas”.

Links da campanha “MATEI A MINHA AVÓ! – Manual Anti Covid”, promotores e criadores, nas redes sociais:

Hashtags – #mateiaminhaavo #ocovidmata
Instagram – https://www.instagram.com/mateiaminhaavo/
Facebook – https://www.facebook.com/mateiaminhaavo/
Promotor – www.brain.com.pt
Ilustrador – André Silva https://www.instagram.com/afvcs/