GNR encerra estabelecimento com 150 pessoas em incumprimento de medidas COVID-19

O Comando Territorial de Viana do Castelo, através do Destacamento Territorial de Viana do Castelo, encerrou um estabelecimento com cerca de 150 pessoas no seu interior, na madrugada do dia 12 de dezembro, em desrespeito às medidas vigentes para a contenção da pandemia COVID-19, no concelho de Viana do Castelo

O operação decorreu na sequência de uma denúncia de ruído naquele estabelecimento e os militares da Guarda que se deslocaram ao local terão verificado que se encontravam cerca de 150 pessoas no seu interior.

No estabelecimento, “que funcionava fora do horário permitido, estava também a decorrer uma festa com a utilização de um espaço de dança não licenciado, em pleno desrespeito das medidas vigentes no âmbito da pandemia COVID-19”, informou a GNR.

“No seguimento da ação foi dada ordem de encerramento ao estabelecimento, e todos os intervenientes foram identificados para se proceder à elaboração dos respetivos autos de contraordenação pela falta de observância do dever de verificação, por parte dos responsáveis dos estabelecimento, do certificado digital ou teste Covid-19, e a 137 clientes por falta de observância do dever de apresentação e detenção de Certificado Digital COVID da UE nas modalidades de certificado de teste ou de recuperação ou de comprovativo da realização laboratorial de teste com resultado negativo”, esclarece ainda o Comando Territorial de Viana do Castelo

A acção contou com a presença de 32 militares da GNR, com reforço dos Destacamentos Territoriais de Arcos de Valdevez e Valença e do Destacamento de Intervenção de Viana do Castelo. 

A GNR recorda que o cumprimento das medidas vigentes, no âmbito do combate à pandemia COVID-19, é fundamental para conter a propagação do vírus.

 

FOTO: Página Facebook da GNR